• Dra Regina Chamon

O Grande Rabanete

Atualizado: Mar 2

"Dinda, você já ouviu a música do rabanete?"

As crianças começaram a cantar muito empolgadas quando eu mostrei que tinha rabanete a vinagrete para o churrasco. Confesso que eu nunca tinha ouvido e achei bem curioso uma música infantil para o rabanete. Aquele gostinho amargo não agrada a muitos paladares. Pais, na tentativa de alimentarem seus filhos fazem coisas maravilhosas, não é mesmo?


Mas nem sempre rabanete precisa ser amargo. Há tempos atrás vi uma receita da Rita Lobo de rabanete assado. Sou curiosa com comida, gosto de explorar sabores. E tantas vezes a gente se apega a uma maneira de fazer determinado prato que esquece de tentar coisas novas.


Com os legumes é um pouco assim. Parecem chatos, meio aguados. Mas já tentou assá-los? Eles explodem na boca de tanto sabor.

E rabanete assado é algo impressionante. Ele perde o amargo e o sabor fica adocicado.

Ai vai a receita:

1 maço de rabanete (cerca de 10 unidades)

azeite a gosto

cebolinha fatiada a gosto

sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto


- Preaqueça o forno a 240 ºC (temperatura alta). - Com uma escovinha para legumes, lave bem a casca dos rabanetes sob água corrente. Seque, descarte os cabinhos e corte os rabanetes ao meio. Unte uma assadeira grande com azeite, disponha as metades de rabanete com a parte cortada para baixo, regue com mais azeite e tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto. - Leve ao forno para assar por 15 minutos. Com uma espátula, vire os rabanetes e deixe assar por mais 5 minutos para dourar por igual. - Transfira os rabanetes assados para uma tigela. Decore com a cebolinha picada e sirva a seguir


Rabanete é uma planta herbácea da família Brassicaceae, que também inclui o repolho, a couve, o nabo e a mostarda! Por ser rico em enxofre tem esse gostinho ardido. É rico em vitamina C, fósforo, cálcio, folato e magnésio. Ou seja, use e abuse desse alimento na sua vida!


E, o mais importante de tudo, não deixe de dar um play em O Grande Rabanete

E puxa, e puxa, e puxa...

0 visualização

© Regina Chamon - Medicina Integrativa.